Carimbó Cobra Venenosa

Carimbó Cobra Venenosa

Nesta edição do Bate-Papo Musical recebemos no estúdio a vocalista do Carimbó Cobra Venenosa, Priscila Duque.

O grupo surgiu em 2016 na cena alternativa e da cultura popular de Belém, unindo as raízes do carimbo pau e corda com letras de grande peso social, destacando a luta anti-racista, contra a homofobia e de apoio ao empoderamento feminino.

Para Priscila Duque, que é jornalista, mestre em Ciências Sociais e ativista de movimentos sociais, a trajetória dos mestres do carimbó mostra que o estilo também é uma expressão de resistência, por isso o posicionamento político é importante para o coletivo.

“Eu queria poder simplesmente pensar que música é entretenimento, mas eu sou egressa do curso de Comunicação e eu sei que música é indústria cultural também, música também é dominação. E se ela também é dominação, ela pode ser libertação. Então, eu costumo dizer que a nossa música é música para além dos ouvidos. É música pra balançar o corpo e sacudir a mente ou vice-versa”, declara.

Em pouco tempo de carreira, o Carimbó Cobra Venenosa foi contemplado com VI Prêmio Proex-UFPA de Arte e Cultura, que possibilitou a gravação do primeiro disco, lançado em 2019. O disco traz treze faixas autorais, sendo três faixas bônus gravadas ao vivo. Para ouvir o trabalho, clique aqui.

Durante a entrevista, conheça mais sobre a trajetória do grupo que tem circulado pelo Pará e feito turnês independentes no Rio de Janeiro e, mais recentemente, na Bahia. Além disso, o programa aborda questões como a patrimonialização do carimbó, os desafios para valorização dessa expressão da cultura popular paraense e a cena do carimbó no distrito de Icoaraci.

Para saber sobre o Carimbó Cobra Venenosa acompanhe essa edição do Bate-Papo Musical!

Apresentação: Fabrício Queiroz
Produção e roteiro: Áurea Garcia
Gravação e montagem: João Nilo
Supervisão e edição: Elissandra Batista e Fabrício Queiroz
Foto: Hugo Chaves

O Bate-Papo Musical vai ao ar todas as sextas-feiras, às 14h.
Horários Alternativos: Sábado, às 18h.
Domingo, às 16h.
Segunda, às 13h e 20h.
Terça, às 23h.
Quarta, às 09h.
Quinta, às 20h.

Compatilhe !

Id:7473