Paradoxos, Paixões e Terra Firme

“A periferia olha para periferia com orgulho”. A fala é do ator, dramaturgo e cineasta Adriano Barroso sobre o novo trabalho “Paradoxos, Paixões e Terra Firme”.

O documentário conta a história do grupo de teatro Ribalta que trabalha com jovens e crianças em risco social, as envolvendo na produção e encenação da Paixão de Cristo na celebração da Semana Santa, no bairro da Terra Firme.

A ideia de produzir o documentário surgiu após Adriano Barroso entrar em contato com a realidade do grupo de teatro que de forma simples e com ações colaborativas dos moradores realiza o espetáculo que tem como cenário as próprias ruas do bairro da Terra Firme.

Na conversa com o apresentador Joel Cardoso, Adriano Barroso fala da importância da produção do audiovisual que mostre as características da região amazônica. Uma produção na qual seja possível se reconhecer e se identificar.

Adriano Barroso trata ainda de sua formação acadêmica, a carreira, os trabalhos com dramaturgia, premiações e sobre o livro “Ato – Paixão Segundo o Gruta”. A obra contextualiza a história do teatro paraense a partir da trajetória dos 50 anos do Gruta, um dos cinco grupos teatrais mais ativos de Belém.

Apresentação: Joel Cardoso
Produção e roteiro: Graziela Ferreira
Gravação e montagem: Éder Monteiro

Texto Graziela Ferreira

Compatilhe !

Id:2967