Acessibilidade

A Universidade Federal do Pará, desde 2011, executa políticas de inclusão e acessibilidade. A resolução responsável por essas ações é a nº 3883/2009, que passou a direcionar uma vaga por acréscimo nos processos seletivos para os cursos de graduação. Tal política de inclusão era denominada Cota PcD (pessoa com deficiência).

A cota tinha como alvo os estudantes com deficiência, transtornos globais do desenvolvimento e altas habilidades/superdotação. Em 2017, essa cota específica foi extinta. No PS 2018, o ingresso dos alunos com deficiência foi feito através da Cota Escola, que agora também inclui os PcD’s.

Por meio dos processos seletivos, a UFPA comporta hoje 463 estudantes com alguma deficiência, proporcionando assim um ambiente diverso e tolerante as diferenças. E com a crescente demanda de serviços e programas de acessibilidade, a Superintendência de Assistência Estudantil da UFPA (SAEST) criou uma coordenadoria de acessibilidade para cuidar dos assuntos que dizem respeitos aos alunos PcD’s.

“A probabilidade do ingresso de mais pessoas com deficiência na universidade automaticamente aumenta. Se ela aumenta, a política precisa ser bem mais específica para esse público. Não apenas para o aluno, que é nosso aluno assistido, mas para toda a universidade, que envolve técnicos, professores, entre outros”, explica a professora Arlete Marinho, coordenadora geral de acessibilidade da SAEST.

Atualmente, a coordenadoria de acessibilidade (CoAcess) dirige os programas de Formação Continuada e Apoio à Inclusão de pessoas público alvo da educação especial no Ensino Superior (PROFAEIS) e de Atendimento Individualizado. Além destes, a CoAcess ainda atua nos programas de Incentivo à Produção de Tecnologias Assistivas, Programa de Implementação de Núcleos de Acessibilidade, Programa Integrado de Iniciação Científica e o Programa de Apoio a Infraestrutura Acessível (INFRACESS).

Com esses programas, A SAEST proporciona à comunidade acadêmica uma educação mais democratizada. A adaptação de materiais para PcD’s, produção de materiais para o público da Educação Especial no Ensino Superior, orientação pedagógica para a adaptação de materiais e avaliação de PcD e Transtornos e atendimento pedagógico individualizado de PcD e transtornos são exemplos dos serviços disponibilizados pela equipe da CoAcess para os estudantes.

“É um espaço aberto para assistir os nossos alunos com deficiência, mas também para os outros alunos, professores e técnicos que queiram tirar suas dúvidas sobre esse público que tem o direito de estar dentro na universidade, assim como qualquer outra pessoa”, afirma a professora Arlete.

Para saber mais sobre os serviços oferecidos pela Coordenadoria de Acessibilidade da SAEST e sobre as atividades de inclusão que são realizadas na UFPA, confira esta edição do SAEST e Você, que conta com a participação da professora doutora Arlete Marinho.

O programa é uma realização da Rádio Web UFPA, projeto de extensão da Faculdade de Comunicação (FACOM), em parceria com a Superintendência de Assistência Estudantil (SAEST).

Confira todas as quintas-feiras, sempre às 12h e às 18 horas, com horários alternativos: sábado, às 10h; segunda, às 12h, e terças-feiras, às 18h.

Compatilhe !

Id:4100