População em situação de rua

O programa UFPA Debate aborda os direitos e as políticas de assistência para as pessoas em situação de rua.

Pelo decreto 7.503/2009, que institui a política nacional para essa população, o grupo é considerado heterogêneo e possui em comum a pobreza extrema, a perda de laços familiares e a moradia em espaços públicos ou unidades de acolhimento de forma temporária ou permanente.

Em condição de extrema vulnerabilidade, as pessoas em situação de rua representam um desafio para os governos e as políticas de assistência social. Como acolhê-las? Como fazer para reintegrá-las à sociedade?

O Estado que se preocupa em controlar o aumento dessa população não pode violar direitos como vem sendo observado em algumas capitais brasileiras, onde moradores de rua estão sendo expulsos de locais públicos.

Sobre essa realidade que atinge as principais cidades do País, a jornalista Elissandra Batista conversa com o Conselheiro Municipal de Assistência Social, Paulo Henrique, morador do abrigo CAMAR, em Belém; com a psicóloga do Consultório na Rua, Rita Rodrigues, e, ainda, com o advogado Matheus Baraúna, integrante do coletivo Viramundo que realiza ações voltadas para pessoas em situação de rua na capital paraense.

Para entender melhor a temática, refletir sobre o problema e ajudar na luta pelos direitos dessa população que sofre, principalmente, com a discriminação e o desrespeito motivados pelo preconceito e a falta de politicas de inclusão eficazes, não perca esta edição do UFPA Debate.

Compatilhe !

Id:2288