Terceirização

A realidade do trabalho no Brasil está prestes a mudar com uma série de projetos que colocam o mercado e as relações de trabalho em pauta. Uma dessas medidas é a Lei da Terceirização, sancionada no final do mês de março que permite esse tipo de contratação para todas as atividades de uma empresa, o que antes era restrito às chamadas atividades-meio, como serviços de limpeza e segurança.

De acordo com o Governo Federal e entidades empresariais, o projeto dá segurança jurídica aos empregadores e pode criar novas vagas de trabalho. Já para sindicatos e demais entidades contrárias a lei colocam em risco os direitos dos trabalhadores.

No programa UFPA Debate desta semana conheça mais sobre esses pontos de vista com nossos convidados: o conselheiro seccional da Ordem dos Advogados do Brasil -Seção Pará (OAB-PA) e presidente da Associação dos Advogados Trabalhistas do Pará (ATEP), André Serrão; e com vice-presidente da Federação das Indústrias do Estado do Pará (FIEPA) e presidente da Comissão de relações de trabalho da FIEPA, Nilson Azevedo.

Ao longo do programa são discutidas as mudanças que essa lei pode promover nos setores público e privado, os seus impactos sobre as condições de empregabilidade e os direitos trabalhistas, além da relação entre a terceirização e os demais projetos propostos pelo Governo, como as reformas trabalhista e previdenciária.

Programa de número: 436