Alfabetização, letramentos e docência na Amazônia

O projeto Alfabetização, Letramentos e Docência na Amazônia foi selecionado como uma das 30 experiências mais inovadoras para educação da América Latina e no Caribe. Nesta edição do UFPA Ensino recebemos algumas representantes dessa iniciativa: as professoras do Instituto de Educação Científica e Matemática (IEMCI) da UFPA, Isabel Rodrigues, Elizabeth Manfredo e Emília Oliveira.

Para a professora Elizabeth Manfredo, atual vice-coordenadora do projeto, a Universidade tem um papel muito importante na formação dos professores, de modo particular o IEMCI, que abriga o curso de licenciatura integrada em Educação em Ciências, Matemática e Linguagem. “Esse curso é um curso recente, ele iniciou em 2010 e de lá para cá já formou mais de 500 alunos, que agora são professores que atuam nos anos iniciais, EJA e ingressam também em pós-graduações”, destaca a professora. Inicialmente idealizado para graduandos do IEMCI, o projeto foi pensando com três eixos integrados, o letramento acadêmico, o laboratório de produção textual e o ensino e aprendizagem de língua materna.

Por apresentar atividades tão diversas, “as metodologias são escolhidas de acordo com as necessidades dos alunos”, garante a coordenadora Emília Oliveira. Segundo a professora, as atividades não se restringem ao ambiente do curso de licenciatura integrada. Sempre que possível, as atividades de Laboratório de Produção Textual, destinadas aos graduandos do IEMCI, abrem vagas para alunos de outros cursos e licenciaturas, que são acompanhados individualmente por um mestrando.  As atividades de letramento acadêmico são voltadas tanto para comunidade interna quanto externa da UFPA. E o eixo de ensino e aprendizagem da língua materna destina-se às escolas.

Idealizado e coordenado pela professora Isabel Rodrigues, com a vice-coordenação da professora France Martins, o projeto iniciou as atividades em 2016. Em 2018, a professora Isabel, representando a equipe, participará de um workshop com as outras 29 experiências selecionadas na América Latina e Caribe, onde deve compartilhar os resultados alcançados até o momento. Para o ano que vem, a expectativa é que o projeto cresça. “Uma possibilidade é nós tentarmos financiamento para alunos por meio de uma incubadora para garantirmos bolsas para os alunos”.

Saiba mais sobre o projeto nesta edição do UFPA Ensino.

Apresentação: Fabrício Queiroz
Produção e roteiro: Erlane Santos
Gravação e montagem: João Nilo Ferreira
Supervisão e edição: Elissandra Batista e Fabrício Queiroz

O UFPA Ensino vai ao ar às quartas-feiras, às 10h e 21h.
Horários alternativos: Sexta-feira, às 19h, e sábado, às 21h.

Compatilhe !

Id:4962