História da Educação

O UFPA Ensino desta semana apresenta ao público a atuação de pesquisadores da História da Educação. O campo, que visa analisar a educação de um ponto de vista histórico, apesar de ainda não ser bem conhecido pela comunidade externa, é consolidado em âmbitos nacional, regional e local.

No Pará, os estudos de História da Educação firmaram-se por meio das pesquisas realizadas nos programas de pós-graduação da Universidade Federal do Pará (UFPA) e na Universidade do Estado do Pará (UEPA). Nesta edição do UFPA Ensino você conhece mais desse cenário da produção científica nessa área e sua importância para o campo da educação.

Participam do programa: Laura Alves, professora do Programa de Pós-graduação em Educação da Universidade Federal do Para (PPGED/UFPA) e coordenadora do Grupo de Pesquisa Constituição do Sujeito, Cultura e Educação (ECOS); Vitor Nery, doutorando em Educação e professor da Universidade do Estado do Amapá (UEAP); e Socorro França, professora adjunta do Curso de Pedagogia e do Programa de Pós-graduação em Educação da UEPA e coordenadora do Grupo de Pesquisa História da Educação na Amazônia (GHEDA). Também compõe o debate, Silvia Helena Brito, professora titular da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul e membro da atual diretoria executiva da Sociedade Brasileira de História da Educação (SBHE).

“O campo da História da Educação é importante porque ele mostra essa construção histórica da educação no Brasil. Quer dizer, o que nós temos hoje, de todos nós, da sociedade brasileira, é fruto de um longo trabalho de construção. E a SBHE vem justamente nesse sentido:  primeiro, é claro, fortalecer o espaço institucional dos nossos pesquisadores, sejam ele de que região do país forem, porque a intenção é que isso se espalhe cada vez mais. Mas também mostrar ser um espaço para que a sociedade brasileira conheça a nossa pesquisa, conheça o que vem acontecendo na educação no país desde o início da nossa colonização, até o século XXI”, pontuou Silvia Helena Brito.

Durante a entrevista os convidados apresentam mais detalhes sobre a trajetória do campo, temas de interesse para pesquisa e discutem como a história da educação permite ampliar o debate sobre questões transversais, como Diversidade e a Democracia, que são temas do evento da SBHE promoveu em Belém.

Para a professora Laura Alves, a realização do X Congresso Brasileiro de História da Educação na Amazônia assinala um reconhecimento da produção científica da região e um indicativo da necessidade de ampliar a reflexão na área. “Essa é a oportunidade do aluno da graduação, da pós-graduação estar junto desses pesquisadores que as vezes lê os textos nas aulas de História da Educação. Um momento impar de socialização das produções. Nós estamos, cada vez mais, dando um passo à frente para que esse campo da história da educação no Pará tome mais força. Ano que vem, em 2020, nós vamos desenvolver o 7º Encontro Norte-Nordeste de História da Educação. Uma outra oportunidade dos pesquisadores do Norte-Nordeste se reunirem para poder desenvolver suas pesquisas e surgir novos pesquisadores nesse campo”, declarou.

Apresentação: Fabrício Queiroz
Produção e roteiro: Susan Santiago
Gravação e montagem: João Nilo Ferreira
Foto: Arquivo Nacional

O UFPA Ensino vai ao ar às quartas-feiras, às 10h e 21h.
Horários alternativos: Sexta-feira, às 19h, e sábado, às 21h.

Compatilhe !

Id:6651