O desenho na infância e na educação

A importância do desenho na infância e na educação em pauta no UFPA Ensino.

Quem nunca desenhou na infância? É difícil encontrar alguém que nos primeiros anos de vida não tenha experimentado a arte através do desenho.

Mas não pense que a técnica serve apenas para o entretenimento das crianças. O desenho pode ser usado em diversas situações do cotidiano infantil, inclusive na educação.

Para discutir o tema “O desenho na infância e na educação”, o UFPA Ensino convidou o instrutor de desenho Alex Pantoja, da Fundação Cultural do Estado do Pará (FCP), e a professora Valdete Leal, do Instituto de Educação Científica e Matemática da UFPA (IEMCI).

Além de uma ferramenta pedagógica, Alex Pantoja considera que o desenho ajuda a desenvolver a sensibilidade nas crianças. “A formação artística é essencial, tanto na escola quanto na família. Eu sempre falei pros pais dos meus alunos, continuem incentivando suas crianças, elas vão se tornar pessoas melhores, mais sensíveis, mais suscetíveis a compreender o que o outro está sentindo”.

Segundo a professora Valdete Leal, o desenho já é utilizado em ambientes profissionais como clínicas psicológicas, mas é necessário ir além. “A gente precisa trazer o desenho pro contexto educacional, de forma mais contundente, dando a ele o valor que tem”, afirma a professora.

Entre outros assuntos, os convidados também avaliam como deve ser a atuação do professor diante dos desenhos infantis e como novas práticas pedagógicas têm incentivado o uso do desenho em sala de aula. Para saber mais acompanhe esta edição do UFPA Ensino

Compatilhe !

Id:2209