Práticas pedagógicas para educação básica

Desenvolver métodos pedagógicos para melhorar o ensino e o aprendizado dos estudantes da educação básica é o objetivo do GPRAPE (Grupo de Pesquisa em Práticas Pedagógicas para o Ensino na Educação Básica). As conquistas e os desafios desse trabalho você confere no UFPA Ensino desta semana. Participam do programa, o professor Marcio Raiol dos Santos, da Escola de Aplicação da UFPA, além dos bolsistas Daniele Leite, Thaís Figueiredo e Edilson Salgado que fazem parte do Grupo.

Criado em 2010, inicialmente para atender a demandas ligadas à Educação Física, o projeto foi ampliado e hoje conta com pesquisadores de diferentes áreas, incluindo Geografia e Língua Portuguesa, que se complementam na busca de uma aprendizagem transdisciplinar, unificada.São cinco projetos em funcionamento e outros quatro em processo de implementação. Segundo o professor Marcio dos Santos, é necessário desenvolver práticas pedagógicas capazes de oferecer uma base sólida ao ensino fundamental e, assim, estimular a busca constante do conhecimento no futuro. “Se a educação básica é tratada com descaso, ela nunca vai cumprir seu real papel que é o de fornecer as bases para as gerações subsequentes”.A participação nos diversos projetos que compõem o GPRAPE é um ponto positivo na opinião dos bolsistas. Para eles, transitar pelas diferentes linhas de pesquisa estimula não apenas o desenvolvimento de novas técnicas voltadas ao ensino básico como também a permanência no Grupo. Daniele Leite que o diga. Bolsista do projeto Cultura indígena e recursos naturais para a Educação Básica, ela destaca que pretende continuar mesmo quando encerrar seu vínculo como discente. “Entrei como voluntária e quero continuar daqui pra frente não como bolsista, mas como professora”.
Compatilhe !

Id:320