Narramazônia promove sessão interativa com Milton Hatoum

As atividades do segundo semestre de 2020, do grupo de pesquisa Narramazônia, iniciam com um evento comemorativo dos seus cinco anos de implantação, completados agora no mês de outubro. Na sua sessão interativa de abertura, a ser realizada no próximo dia 09 de outubro, um dos eixos de diálogo do grupo será o trabalho do escritor Milton Hatoum, com a conferência “Narrativas, rios de memórias”.

Milton Hatoum representa, considerando o conjunto de sua obra, um dos mais importantes escritores brasileiros da atualidade. Autor de um número expressivo de obras, Hatoum trabalha seus textos na argamassa da memória uma ficção vibrante: ora poética, ora verossímil; obra que ressignifica a Amazônia, na qual destaca-se Relato de um Certo Oriente e Dois irmãos; com o primeiro ganhou o prêmio Jabuti de melhor romance; o segundo foi eleito o melhor romance brasileiro; ou quando reescreve os desconcertos do Brasil durante a ditadura militar, numa trilogia denominada “O lugar mais sombrio”, iniciada por A Noite da Espera e continuada por Pontos de Fuga.

O trabalho desse amazonense tem um estilo singular de escrita, com diálogo com mestres da literatura universal e nacional, conquistando um lugar de destaque na Literatura Brasileira. Autor engajados na causa dos direitos civis e democráticos, Hatoum tem fortes ligações afetivas com Belém do Pará, inclusive identifica-a como “a minha cidade”. Em parceria com Benedito Nunes, filósofo paraense, publicou Crônica de duas cidades: Belém e Manaus, em 2006. Sua literatura ganhou o mundo. Seus livros foram publicados em mais de 15 países, com premiações dentro e fora do Brasil.

Na retomada dos trabalhos do Narramazônia, Milton Hatoum pretende dialogar com os participantes destacando as diversas formas de narrar. O escritor amazonense terá como anfitriões os professores Alda Costa e Vânia Torres  (PPGCOM UFPA) e Paulo Nunes (PPGCLC Unama), coordenadores do Narramazônia, sendo mediadores na sessão interativa. O Narramazônia foi implantado em 2015. Inicialmente nasceu com um caráter de estudos e reflexões sobre as narrativas. Hoje, além desse caráter inicial, incorporou os projetos de pesquisa dos seus pesquisadores, configurando-se em projeto macro ou guarda-chuva, que abriga outros projetos que investigam e pesquisam as narrativas na Amazônia.

Sessão Interativa do Narramazônia: MILTON HATOUM: narrativas, rios de memórias
Data: 09/10/2020
Transmissão pelo Google Meet e Youtube
Hora: 16h

Compatilhe !

Id:7660