Eclipse de Sobral foi a comprovação da Teoria da Relatividade Geral

100 anos da comprovação da Teoria da Relatividade Geral

Os 100 anos da comprovação da Teoria da Relatividade Geral, de Albert Einstein, é o tema desta edição do UFPA Pesquisa. O programa reuniu Luís Carlos Bassalo Crispino, professor e coordenador do Programa de Pós-Graduação em Física (PPGF); Carolina Benone, doutora em Física e professora da UFPA no campus de Salinópolis; o doutor em Física Rafael Bernar, e também o doutorando em Física pela Universidade de Lisboa e Universidade de Aveiro, Pedro Cunha.

Em 1905, Albert Einstein já havia proposto a Teoria da Relatividade Restrita ou Especial, que descreve a física dos movimentos na ausência de campos gravitacionais, considerando, por exemplo, a constância da velocidade da luz. Já em 1915, a Teoria da Relatividade Geral marca um avanço em relação às proposições clássicas de Isaac Newton sobre a gravitação e também representou um novo momento para a Física moderna.

“Eu acho que o que caracteriza a Teoria da Relatividade Geral é justamente tratar a interação gravitacional não como uma força, como estabelecia a teoria newtoniana, mas como uma consequência da curvatura do espaço-tempo. Quer dizer, a presença de matéria-energia no espaço-tempo o deforma e os corpos que ali estão seguem as trajetórias naturais de um espaço-tempo curvo”, explica o professor Luís Carlos Bassalo Crispino.

A comprovação experimental da Teoria da Relatividade Geral ocorreu 29 de maio de 1919, quando um eclipse total do sol foi observado no Brasil, na cidade de Sobral (CE), e na Ilha do Príncipe, na costa oeste da África. O programa aborda as importantes mudanças e avanços que essa comprovação causou no campo científico. “Já estamos chegando nesse ponto da história em que não usamos mais o que tem no universo para testar a relatividade geral. Agora nós já usamos a teoria da relatividade geral para testar o que tem no universo”, pontuou Rafael Bernar.

Para saber mais sobre os princípios e conceitos envolvidos na teoria, a diferença entre relatividade especial e geral, o paradoxo dos gêmeos, o processo de comprovação da Teoria da Relatividade Geral e sua aplicação no cotidiano, não deixe de ouvir esta edição do UFPA Pesquisa. O centenário da Teoria da Relatividade, comemorado em 2015, também já foi tratado em outra edição do programa disponível neste link.

Apresentação: Fabrício Queiroz
Produção e roteiro: Jamille Leão
Gravação e montagem: João Nilo e Karla Guimarães
Supervisão e edição: Elissandra Batista e Fabrício Queiroz

O UFPA Pesquisa vai ao ar todas as quintas-feiras, às 10h e 21h.
Horários alternativos de exibição: sexta-feira, às 15h / domingo: às 10h

Compatilhe !

Id:6356