Práticas pesqueiras na Amazônia

Docente do curso de Engenharia de Pesca e também atuante na área de Tecnologia do Pescado, o professor Carlos Alberto Cordeiro conversa com o apresentador Joel Cardoso sobre as práticas pesqueiras na Amazônia, com foco na pesquisa, ensino e extensão.

Tecnologia em qualidade do pescado, produção vegetal para microbiologia industrial e docência em ciências biológicas e naturais são os campos de estudo do pesquisador da Universidade Federal do Pará do campus de Bragança. As atividades incluem características da região amazônica, como é o caso da fauna, onde o tambaqui, pirarucu e o camarão são utilizados para os estudos.

Outro estudo do pesquisador é a culinária sustentável, que trata do desenvolvimento de produtos que contam com carne de peixe na sua composição. Os testes realizados na disciplina Tecnologia do Pescado já produziram brigadeiros, beijinhos, palha italiana, cocada e bolos e tem o objetivo aproveitar toda a potencialidade dos alimentos.

Carlos Alberto Cordeiro também está desenvolvendo o projeto “Treinamento de Manipuladores de Ostras no município de Augusto Correa – Vila de Olinda”. A vila de Olinda é umas das maiores de produtoras de ostras no estado do Pará e só em 2016, produziu mais de 157 mil ostras, representando 55% do molusco que é comercializado no estado, contribuindo para um faturamento de R$ 105 mil. Por ser uma região pioneira na ostreicultura, recebe pesquisadores para estudos ligados ao desenvolvimento da produção de ostras.

Conheça mais sobre atividades do campus de Bragança sobre as práticas pesqueiras da Amazônia nesta edição do Universidade Multicampi.

Apresentação, produção e roteiro: Joel Cardoso
Gravação e montagem: João Nilo Ferreira

O Universidade Multicampi vai ao ar às terças-feiras, às 10h e 21h.
Horários alternativos: Quinta-feira, às 15h; e Sábado, às 19h.

Compatilhe !

Id:3935