logo radio web ufpa

A Universidade é um ambiente que traz aprendizados que vão além dos muros do campus. Para muitos, o processo de formação profissional vem acompanhado de um intenso amadurecimento pessoal, por isso propor lições que façam os alunos pensar de forma crítica, política e humanizadora é também uma das missões desse ambiente.

A ideia de vivenciar a universidade é uma das marcas de muitos que passaram pelo curso de Comunicação Social e ainda hoje é uma das provocações que se mantém viva entre os jovens que frequentam o Instituto de Letras e Comunicação ou as salas de aula do bloco F.

Filipe Almeida, ex-aluno do curso de Publicidade e Propaganda, afirma que sua passagem pela faculdade foi primordial para sua vida. “A FACOM foi essencial por ter me dado um norte para o que eu faço hoje, por ter me apresentado um horizonte novo e me levado a conhecer a ENECOS, a executiva dos estudantes de comunicação, que me levou por caminhos de desconstrução do que eu estava fadado a ser: um funcionário numa caixa de concreto”, afirma Filipe.

A história da militância e debate na comunidade acadêmica é algo que resiste na universidade. Hoje professora do curso, Rosaly Brito foi aluna de uma das primeiras turmas do curso implantado em 1976 e participou ativamente do movimento estudantil durante a ditadura militar.

Em meio a todas as dificuldades e problemas estruturais já enfrentados por estudantes e professores, ela ressalta as conquistas e a importância da graduação para o mercado de trabalho. “É inegável que o curso teve um papel singular e de extrema importância na formação de gerações de comunicadores num caráter mais ético e humanista desde os anos 80 pra cá”, afirma a professora.

Comemorações - É em meio a um espirito de resgatar lembranças e pensar o futuro que uma extensa programação vai movimentar alunos, professores e técnicos da Faculdade.

Uma das ações é o lançamento de alguns produtos, como o projeto “Memória Facom: 40 anos de Comunicação na Amazônia”. Além de envolver a coordenação dos eventos que irão celebrar o aniversário, o trabalho inclui a produção de um acervo digital com informações, fotos e vídeos relacionados à história do curso.

Outra missão do “Memória Facom” é a produção de uma série de documentários sobre pessoas que passaram pela Faculdade e hoje desenvolvem trabalhos significativos na comunicação regional. Élida Cristo, vice-coordenadora do projeto, destaca que: “o papel do Memória é de organizar, de articular, de levantar dados e informações, mas também de unir diferentes grupos que compõem a FACOM em prol dessa memória. A ideia é que a partir de agora a gente crie uma cultura da memória na faculdade”.

Além de celebrar os 40 anos do curso, a Faculdade de Comunicação da UFPA quer refletir sobre os desafios e os novos rumos do jornalismo e da publicidade na região. Para isso, alunos, professores e o público em geral vão poder trocar experiências com profissionais de destaque no cenário local e nacional. O objetivo é discutir as mudanças e transformações nessas quatro décadas, ressaltando a importância social da faculdade, principalmente, para a comunidade.

A função de uma universidade pública é formar o aluno, não apenas para o que o mercado precisa, porque o mercado é também muito volátil e daqui a pouco ele precisa de outras habilidades, mas também formar o aluno que possa identificar na sociedade o que ela demanda na área de comunicação” explica o professor Guilherme Guerreiro Neto.

Toda a programação de aniversário do curso tem também caráter afetivo e “chamegoso”, como falam os organizadores. A intenção é reunir o máximo de pessoas que de alguma forma contribuem ou já contribuíram com o processo de luta, consolidação e conquistas. Apostando na força da união, o slogan “Facom 40 anos: Ganhando o mundo, voando juntos” reforça a importância da coletividade para que voos mais altos sejam alçados.

É um convite especialíssimo para quem já passou pela Facom, realmente o objetivo é estar gerando uma cena de encontros e reencontros, a possibilidade de gerar uma rede de afetos e oportunidades de voos futuros, de preferência, coletivos”, destaca a professora Rosane Steinbrenner, diretora da Faculdade.

O evento em comemoração aos 40 anos do curso de Comunicação da UFPA ocorre de 22 a 24 de fevereiro. A programação completa você acessa aqui.