Gel de Açaí

Você já ouviu falar em Gel de Açaí? Então não perca essa edição do UFPA Pesquisa que destaca o estudo intitulado “Efeitos do tratamento tópico com Euterpe Oleracea”. No programa, a jornalista Elissandra Batista conversa com a estudante de fisioterapia e bolsista Pibic, Marcela Monteiro. Em pauta, os objetivos, as fases e os desafios do trabalho realizado  pela Faculdade de Fisioterapia da UFPA.  

Euterpe Oleracea é o nome científico de um dos frutos mais conhecidos, abundantes e consumidos na região amazônica, especialmente no estado do Pará, o nosso famoso e saboroso açaí. Mas para o grupo de pesquisa denominado “Reparo e Função do Sistema Neuromusculoesquelético”, coordenado pela professora Suellen Moraes, o fruto é muito mais que um alimento, também é a matéria prima para desenvolver o Gel de Açaí. Com o produto, o objetivo é atenuar a tendinopatia do calcâneo, uma lesão musculoesquelética localizada no famoso calcanhar de aquiles.  

Para produzir o gel, que é uma espécie de pomada de uso tópico, ou seja, para passar na pele em cima do local lesionado, utiliza-se o açaí em pó desidratado por meio da liofilização, uma tecnologia de secagem que constitui na remoção da água através da sublimação, que é a passagem do estado sólido para o gasoso, sem passar pelo estado líquido. “E por mais que o açaí seja um fruto abundante na Amazônia, é necessário importar o pó de uma empresa estadunidense, pois o Brasil não tem empresas que realizam esse processo industrial. É triste, porque é algo que tem aqui, é nosso, da nossa região, aqui da nossa floresta, mas a gente, infelizmente, não têm empresas para esse processo, que trabalhem com isso”, lamenta Marcela Monteiro.

A pesquisa usou o modelo experimental em ratos, um processo muito utilizado na literatura internacional. “A gente dividiu os animais em três grupos, o primeiro grupo, é o grupo controle,  justamente pra ter o controle da pesquisa, eles não têm nenhuma lesão. O segundo grupo, é o grupo placebo, a gente aplicou uma solução salina sem composto adicional e o terceiro grupo foi tratado com o Gel de Açaí”, explica a pesquisadora.

De acordo com Marcela Monteiro, o açaí foi escolhido para a pesquisa por apresentar efeitos anti-inflamatórios comprovados cientificamente. Além disso, o fruto já vem sendo utilizado em outras pesquisas do grupo, por ser um produto natural e de fácil manejo. Dessa forma, Marcela ressalta que o Gel de Açaí não apresenta prejuízos para o tecido lesionado como acontece com os fármacos comumente utilizados, que desgastam a cabam prejudicando extremamente a função biomecânica do tendão.

Para saber todos os detalhes sobre o estudo “Efeitos do tratamento tópico com Euterpe Oleracea” não perca esta edição do UFPA Pesquisa. No programa, a estudante Marcela Monteiro também destaca os desafios de fazer ciência na Amazônia, além de todo o seu empenho e dedicação pela pesquisa ainda na graduação do curso de Fisioterapia.

Apresentação, edição e supervisão: Elissandra Batista

Produção e roteiro: Lívia Leoni

Gravação e montagem: João Nilo e Denize Araújo

Imagem: reprodução Google

O programa UFPA Pesquisa vai ao ar às quintas-feiras, às 11h, com reprise às terças-feiras, às 20h.

       

Compartilhe !

Id:11100