Crise dos Museus

A situação atual dos museus é alarmante. Em menos de uma década, quatro instituições sofreram incêndios que destruíram parte de seus acervos. No caso mais recente, em setembro de 2018, o Museu Nacional perdeu 90% do seu acervo, cerca de 20 milhões de itens. Enquanto isso, em todo o Brasil, outros patrimônios estão em risco. Por isso, o UFPA Debate discute a Crise dos Museus Brasileiros.

Para esclarecer o tema aos ouvintes, a Rádio Web UFPA recebe a professora e museóloga Marcela Cabral e a coordenadora de comunicação e extensão do Museu Paraense Emílio Goeldi, Maria Emília da Cruz Sales.

No programa, as convidadas discutem a realidade das instituições, especialmente no Pará, destacando desafios como as carências de infraestrutura física e segurança, o quadro de pessoal e a falta de recursos que prejudica a valorização e preservação do patrimônio.

“O orçamento realmente não supre as necessidades que a gente tem. Embora os museus públicos tenham um quadro de pessoal já pago por esse orçamento, ainda temos a questão da carência de profissionais que têm demanda, em quantidade e especialização”, afirma Macela Cabral.

O UFPA Debate também discute o impacto de mudanças implementadas pelo governo, como a criação da Agência Brasileira de Museus, e da comoção que o incêndio provocou na população. Para saber mais sobre a Crise dos Museus, acompanhe a Rádio Web UFPA!

Apresentação: Elissandra Batista
Produção e roteiro: Helando Fragoso
Gravação e montagem: João Nilo Ferreira
Supervisão e edição: Elissandra Batista e Fabrício Queiroz
Foto: Alexandre Brum

O UFPA Debate vai ao ar segunda-feira, às 10h e 21h.
Horários alternativos: Quarta-feira, às 19h; e sábado, às 11h.

Compartilhe !

Id:5055