Escola de Comunicação Papa Francisco

“Escola de Comunicação Papa Francisco”

UFPA Entrevista

Rádio Web UFPA

A Escola de Comunicação Papa Francisco está em destaque nesta edição do UFPA Entrevista. No programa, a jornalista e professora da Faculdade de Comunicação da UFPA, Rosane Streinbrenner, conversa com a professora Elizabeth Santos que, há 15 anos, integra a equipe da Papa Francisco. Também participam do UFPA Entrevista, os alunos e ex-alunos Lucas Sena, Tabata Veloso, Gleisica Ferreira, Fábio Campos e Suelina.

O curso técnico em comunicação da Escola Papa Francisco prepara jovens e adultos que concluíram o ensino médio para atuarem no mercado de trabalho nas áreas operacionais de rádio e televisão. Assim, há mais de 20 anos, a Escola oferece aulas de edição, locução, entrevista, cenografia, criação publicitária, ética e cidadania. Anualmente, são ofertadas cerca de 30 vagas em processo seletivo que abrange duas fases. Na primeira, o candidato faz uma prova de redação. Depois, os aprovados seguem para uma entrevista que define os selecionados para compor a turma.

Com o objetivo principal de motivar pessoas que não tiveram oportunidades de ingressar no mercado de trabalho ou na universidade, a Escola de Comunicação Papa Francisco exerce um papel transformador por meio da educação e da comunicação como relata Suelina. “Aos 54 anos eu me descobri comunicadora e cada dia mais eu estou apaixonada por essa área. E aquilo que eu aprendo na Escola Papa Francisco eu consigo aplicar no meu trabalho”.

Uma realidade compartilhada também pela professora Elizabeth Santos, ex-aluna da Papa Francisco, atualmente ela cursa Jornalismo na Faculdade de Comunicação da UFPA. “Vindo da periferia, onde nos deparamos com um sistema que insiste em mostrar que não temos condições de ir além, a educação surge como um caminho que nos mostra que somos capazes de superar essas limitações. Foi na Escola Papa Francisco que recebi o impulso necessário para compreender que não sou apenas uma pessoa da periferia, mas alguém com habilidades e potencialidades capazes de transformar o meu dia a dia”, relata Elizabeth.

Assim como Elizabeth, Lucas Sena, ex- aluno da Papa Francisco, faz graduação em Jornalismo na UFPA. Para ele, a educação e a comunicação surgiram como um meio de ascender no mercado de trabalho e alcançar lugares antes inimagináveis. “A Papa Francisco nos proporciona oportunidades e abre portas mesmo que não sigamos na área da comunicação. E não se trata apenas de um curso que nos capacita profissionalmente mas, que, também, contribui significativamente para a nossa vida, para o nosso dia a dia enquanto cidadãos”, destaca Lucas.  

No UFPA Entrevista, você ainda conhece um pouco sobre a história da Instituição contada no livro denominado “Ponte para o futuro: relatos e experiências de uma educação transformadora da Escola de Comunicação Papa Francisco”, uma obra produzida por alunos, ex- alunos e professores sobre os 20 anos de existência e resistência do espaço que é vinculado à ONG Missão Friuli Amazônia, no Pará.  

Compartilhe !

Id:13708